Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Ícone da Seção
junho, 2024

Mercado Público: a retomada depois da enchente

Mercado Público de Porto Alegre ficou 41 dias fechado e retoma as atividades gradualmente.
Compartilhe:
Atualizado em 04/07/2024
Foto: Alex Rocha / PMPA

O mais antigo Mercado Público do Brasil fica no Centro de Porto Alegre. Região fortemente atingida pela pior enchente da história da Capital do Rio Grande do Sul. Foram 41 dias completamente fechado. Cerca de 20 dias absolutamente inundado pelas águas do Guaíba que invadiram a cidade. Tempo em que só era possível acessar o local de barco. Assim que a água baixou, os primeiros a entrarem no local foram os mercadeiros. Empreendedores que têm negócios no imponente prédio amarelo. Conversamos com alguns, que contaram que o momento foi de muita emoção. Com lágrimas nos olhos, todos se abraçaram em busca de forças para seguir em frente. Os dias seguintes foram marcados por uma grande mobilização de limpeza, desratização, manutenção para retorno da luz e da água.

Foto: Gustavo Garbino / PMPA

Retomada com esperança

A retomada é lenta. Iniciou com a abertura de apenas 14 das 132 bancas, em 14 de junho de 2024. Hoje, pouco mais da metade das lojas e restaurantes já retomaram as atividades e o movimento vai se intensificando. Nada comparado às 300 mil pessoas que cruzavam o Mercado em dias normais. Mas um movimento que demonstra a saudade e a disposição dos porto-alegrenses em apoiar este importante empreendimento da capital.

Mercado resiliente

A enchente de maio de 2024 ficará certamente marcada como uma das situações mais desafiadoras que o Mercado e os mercadeiros já viveram. Mas não foi a primeira. O local já passou por quatro incêndios (1912, 1976, 1979 e 2013). Um dos mais marcantes foi o de 76, quando grande parte do edifício foi destruída pelo fogo que começou em uma loja de artigos religiosos. A estrutura foi reconstruída e revitalizada, buscando preservar ao máximo as características originais. Até 2024, a pior enchente ocorrida em Porto Alegre foi a de maio de 1941. Uma placa, instalada ao lado de uma das portas voltadas para o Largo Largo Glênio Péres mostrava a altura que a água chegou naquele ano e impressionava quem passava por ali. Porém, a tragédia deste ano superou e muito a marca histórica, causando ainda mais estragos, prejuízos e tristeza. Mas o Mercado é um lugar de alegria, cores e pessoas. É a cara da cultura porto-alegrense. Faz parte do dia-a-dia deste povo. E, assim como em todos outros momentos, demonstrará resistência e resiliência.

Serviço
Mercado Público

Largo Jorn. Glênio Péres, número 1, bairro Centro Histórico, CEP 90020-050

Horário de funcionamento

Dom
09:00 – 15:00
Seg
07:30 – 22:00
Ter
07:30 – 22:00
Qua
07:30 – 22:00
Qui
07:30 – 22:00
Sex
07:30 – 22:00
Sáb
07:30 – 22:00

Outros artigos relacionados

Artigo
Sítio tem réplica de um rancho gaúcho do século 18, espaços de bem-estar e hospedagem.
Artigo
Criada para receber o acervo do artista gaúcho, também realiza exposições de nomes da arte brasileira.
Artigo
Selecionamos quatro peças de Porto Alegre que caíram no gosto do público e encantam gerações

O que fazer em Porto Alegre?

A capital gaúcha é cosmopolita como uma metrópole e acolhedora como uma pequena cidade do interior. A cada estação do ano se reinventa para oferecer o melhor no calor do verão, no frio do inverno, no colorido da primavera e no charme do outono. Escolhe qual Porto Alegre conhecer e encontra a TUA!

POA ao

Ar Livre

POA da

Cultura

POA da

Gastronomia

Por

POA da

Inovação

POA da

Noite

POA da

Orla

POA das

Cervejarias

POA das

Compras

POA das

Crianças

POA dos

Esportes