Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Ícone da Seção
março, 2024

4 lugares para lembrar Elis Regina em Porto Alegre 

Uma viagem no tempo pelas lembranças da Pimentinha, a diva Elis Regina, na cidade onde ela nasceu.
Compartilhe:
Atualizado em 08/03/2024
Foto: Eduardo Beleske/PMPA

Nem só de música gauchesca vive o Rio Grande do Sul, inclusive, uma das maiores cantoras da música brasileira nasceu em Porto Alegre. Essa guria de voz poderosa e personalidade marcante conquistou o país com seu talento e gingado sulista. Com um timbre que era um verdadeiro espetáculo, ela transformava cada canção em uma viagem emocional. Viagem que te propomos agora! Se tu é fã de Elis Regina, Porto Alegre é um destino indispensável. Aqui, tu conhece a casa onde ela viveu os primeiros anos de vida, um acervo com a história da Pimentinha

Nascida e criada na Vila do IAPI 

A Vila IAPI era o quintal musical de Elis, onde o som das ruas se misturava à sua voz poderosa. Imagina só a Elis, com seu jeito irreverente e sotaque bem gaúcho, fazendo do bairro um verdadeiro palco de emoções. As esquinas eram os camarins, e as vielas, os corredores para suas performances. Mais precisamente na casa 21, da rua Rio Pardo, onde ainda é possível passar em frente e testar a imaginação. Era uma mistura de notas musicais e histórias da vida real, como um samba-canção sendo escrito nas calçadas. Elis Regina era a diva que transformava a simplicidade do bairro em melodias cheias de paixão e autenticidade. Para ficar marcado no bairro IAPI o legado da cantora, foi feito um largo em frente a casa onde Elis viveu até os 18 anos. 

Foto: Acervo / Arquivo Nacional

Acervo na Casa de Cultura Mario Quintana

Quando tu chega no segundo andar da Casa de Cultura Mario Quintana já dá para sentir a energia da Elis no ar. Parece que a música está escondida em cada canto, como se as paredes fossem sussurrar histórias daquela que encantou o Brasil com sua melodia única. O acervo é tipo um diário musical da Elis, repleto de vinis, fotos, figurinos e aqueles óculos escuros que eram praticamente sua marca registrada. Cada objeto é uma peça do quebra-cabeça da vida dessa gaúcha que conquistou o coração de todos. É um mergulho profundo na vida de uma das maiores vozes da música brasileira, mas sem perder o toque descontraído. Sabe aquele sentimento de nostalgia feliz? Pois é, é exatamente isso que você encontra no acervo da Casa de Cultura Mário Quintana. Uma visita que é como um abraço apertado da Pimentinha, repleto de emoção e alegria. 

Foto: Correio do Povo

Estátua na Orla do Gasômetro 

No ponto turístico mais representativo da cidade, do ladinho do prédio da Usina do Gasômetro, junto à orla do Guaíba, uma estátua em bronze homenageia uma das mais célebres porto-alegrenses. A obra foi feita pelo artista plástico José Pereira Passos e doada à administração municipal. A pose da estátua parece dizer: “Vem cá, meu bem, que a vida é um espetáculo!”. Elis está ali, microfone em punho, olhando para o horizonte, como se estivesse pronta para encarar o público.

Foto: Luciano Lanes / PMPA

Outros artigos relacionados

Artigo
Selecionamos quatro peças de Porto Alegre que caíram no gosto do público e encantam gerações
Artigo
O Centro Cultural conta com rico acervo de artistas brasileiros e uma programação da arte em todas suas formas – da escultura ao alimento
Artigo
Criada para receber o acervo do artista gaúcho, também realiza exposições de nomes da arte brasileira.

O que fazer em Porto Alegre?

A capital gaúcha é cosmopolita como uma metrópole e acolhedora como uma pequena cidade do interior. A cada estação do ano se reinventa para oferecer o melhor no calor do verão, no frio do inverno, no colorido da primavera e no charme do outono. Escolhe qual Porto Alegre conhecer e encontra a TUA!

POA ao

Ar Livre

POA da

Cultura

Por

POA da

Gastronomia

Por

POA da

Inovação

POA da

Noite

POA da

Orla

POA das

Cervejarias

POA das

Crianças

POA dos

Esportes

POA dos

Eventos

Patrocinadores que fomentam a iniciativa